Andar Como Ele Andou

Código 9786599297007

R$18,90


3x de R$6,30 sem juros
3% de desconto pagando com Pix
Opções de frete
Entregas para o CEP: Alterar CEP
Calcule seu frete
Nossa loja
  • Retirada na LojaR. Araxá, 510, Colégio Batista - BH/MG - Atendimento de Seg. à Sex. de 9h às 18h
    Grátis
ENTREGA PARA TODO BRASIL
LOGÍSTICA RÁPIDA E EFICIENTE.
DÚVIDAS SOBRE O PRODUTO?
FALE COM O ESPECIALISTA NO WHATSAPP.
COMPRA 100% SEGURA
PROTEGEMOS OS SEUS DADOS.

Descrição

ANDAR COMO ELE ANDOU

Matheus Simões Ferreira

 

SINOPSE

 

Os discípulos, chamados por Jesus para segui-lo, tanto naquele início da história da fé cristã e, depois, ao longo dos séculos até chegar aos nossos dias, foram convidados para se tornarem companheiros de caminhada. Essa experiência se assemelha, em alguma medida, com o que aconteceu com os peripatéticos (ou os que passeavam), discípulos do grande sábio grego Aristóteles. Enquanto acompanhavam esse antigo mestre em suas caminhadas, ouviam lições e discutiam ideias, estreitando os laços de convivência, tanto do ponto de vista intelectual, quanto do ponto de vista das relações de amizade.

Dedicar a vida como um discípulo de Jesus, como os antigos peripatéticos, é ter o privilégio de caminhar com Ele. Não se trata apenas de uma caminhada que apela para o racional mundo das lições que convidam a uma vida reta, pelo exercício do pensamento. Na verdade, ser discípulo de Jesus é algo que se constrói a partir de um afeto profundo, que lança pontes na direção dos outros. Um afeto que nasce das caminhadas juntos, da troca de ideias e experiências, de um ensino além dos limites impostos pelos muros dos preconceitos, das percepções distorcidas da realidade ou da insensibilidade com os que sofrem.

É disso que trata, fundamentalmente, o livro do jovem pastor Matheus. Movidos por esse afeto profundo da alma, que gera um laço de amizade inquebrantável, que gera compromisso e entrega, deixamos de ser apenas seguidores de uma ideia interessante ou de um estilo de vida que pode parecer até atrativo, e nos tornamos discípulos na expressão plena da palavra: aquele que busca aprender com um mestre, movido por uma mente e um coração abertos. E não há nada mais poderoso para abrir mentes e corações do que o amor de Cristo, tão bem traduzido pelo evangelista João: “Ninguém tem amor maior do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos” (João 15: 13).